Árvore genealógica da familia Brochado

Existe um dito que a Família Brochado é uma só; Brochado ,Bruchado ,Broxado , Brochardo, Brochard, Brocardo.

Dizem que a família Brochado teve origem com o cavaleiro Brochard, que veio em 1080 para o que hoje é Portugal, com os cavaleiros franceses recrutados pela Abadia de  Cluny na Borgonha. . que acompanhavam Dom Henrique , a serviço do Rei de Leon, em sua luta, contra os mouros.(Sanches Baena II, XXXIV e Gesta Dei Francorum )

É possível que o Cavaleiro  Brochard de Borgonha tenha ido à Terra Santa em Cruzada em 1103 acompanhando o citado Conde e retornado ao Condado Portucale em 1105.

Até o presente momento nenhum documento deste obscuro período entre AD 1080 e 1260 que mencione Brochard, Brochado,Bruxado ou Brochado.

Existe ainda o dito que um certo soldado  francês ,Brochard do exército napoleônico foi gravemente ferido na Batalha da Ponte sobre o Tâmega  em Amarante, e caindo rio abaixo , foi salvo por uma amarantina  que tanto tratou de suas feridas que terminou por casar-se com o seu precioso salvado !

É esta anedota inverídica quanto alguns aspectos, porque já existiam os Brochado em Amarante muito antes das invasões napoleônicas , mas talvez tenha sido deturpada e confundida om outra batalha  em priscas eras  quando o cavaleiro Brochard lutara contra os mouros, quem sabe ?

 

 

O fato é que por volta de 1260 aparece nas crônicas um certo cavaleiro Johan Pires Brochardo que era o pai de Maria Dade Brochardo , esta Maria Dade casou-se com Soeiro Mendes Petite , passando a constar o nome dos Brochardos nos Nobiliário desde então. Estes Brochado saõ acompanhados em árvores genealógicas até a presente data na Casa da Barroca na Freguesia de  Gondar em Amarante Portugal.

Os Brochados meus ancestrais diretos podem ser acompanhados documentalmente até Beatriz Brochado casada com Francisco Vaz Ribeiro em Felgueiras no dia  4 de agosto de 1552  .

Os ascendentes de Francisco Vaz Ribeiro podem ser identificados documentalmente  até o século XI
e constam em diversos nobiliários.

Voltando aos Brochado como nome apenas e exclusivamente como nome, não considerando se desta ou daquela família, ou se de uma família única, como dizia o Alexandrino  Brochado
O Bispo de Coimbra e o Morgado de Castro Gatão no Além Tejo são ilustres Brochados dos séculos XV e XVI

A Árvore Genealógica disponível neste site aponta para o Século XII com Brocardo e logo após Brochardo e depois Brochado, existindo  ainda outras variantes como Broxado e Bruxado e  no caso do gênero feminino ,Brochada.
A língua portuguesa sofrendo transformações só veio a se fixar na forma atual no século XX , dai estas variações na grafia.

Do casamento de Domingos Martins Brochado com Rosa Maria da Cunha , originou o ramo da Cunha Brochado de Travanca-

Casa da Fonte
Casa_da_Fonte

(Fotografias gentilmente cedidas por Acácio Brochado de Travanca)

Antonio da Cunha Brochado ( 1809- 1867) -Veja o Registro de BatismoJozé da Cunha Brochado ( 1837 – 1874) – Veja o Registro de Batismo de Antonio da Cunha Brochado( 1868- 1950) – Veja o Registro de Batismo ,

Este último, nascido no lugar de Arifana da Freguesia de Freixo de Cima, Amarante- Portugal,  filho de José da Cunha Brochado (1837 – 1874),  da Freguesia de Travanca , Amarante  e este por sua vez era filho de Antonio da Cunha Brochado , Travanca  Amarante – Portugal  ( 1809) , imigrou para o Brasil,  chegando no porto do Rio de Janeiro, no vapor Magdalena em 23/11/1886, casou-se  com Ilidia Teixeira Portugal em 02 de março de 1889 na Igreja Matriz da Paróquia de Santa  Maria  Madalena , às 10 horas da manhã  A tabela abaixo apresenta os descendentes de Antonio Brochado e Beatriz Brochado de Cramarinhos – Salvador do Moure – Felgueiras – Porto – Portugal

 

A Casa da Fonte em Travanca é de construção muito antiga e foi morada de Domingos Martins Brochado e seus descendentes e recentemente sofreu amplas reformas.

A Casa do Outeiro, de sólida construção em grandes blocos de granito, foi preservada ao longo de muitos séculos em sua forma original.

 

Casa de Oleiros – Felgueiras

 
Antonio Brochado  Ribeiro –  filho de Francisco Vaz Ribeiro e Beatriz Brochado
-Antonio Brochado Soares
filho de Antonio Brochado Ribeiro e Antonia Soares  nasceu aos 02 de junho de 1626 em Cramarinhos – Moure – Felgueiras casado com sua prima  Brites Brochada,

Andre Brochado Ribeyro,
filho de Antonio Brochado e Brites Brochada nasceu em Cramarinhos, São Salvador do Moure ( Concelho de Felgueiras ) -Informaçoes obtidas np processo de Inquirições de Genere para o padre Luiz Brochado ( Irmão de André Brochado Ribeyro)
Manoel Brochado Ribeyro filho de Andre Brochado Ribeyro e de Leonor Ribeyra de Carvalho – Casa do Eydo – lugar de Fornelo- Travanca – Amarante – Portugal

Maria Francisca Moreyra filha de Manoel Francisco e Catharina Antonia- Casa do Outeiro-       lugar de Fornelos-Travanca- Amarante
Jacintha Maria Brochado (19/021702)
casamento em 05/06/1722  com Manoel Martins Crespo – fiha de Manoel Brochado Ribeyro e Maria Francisca Moreyra, irmão do Reverendo Rodrigo Brochado, Fornelo -Travanca- Portugal
Domingos Martins Brochado filho de Manoel Martins Crespo ( 1650)- Casais Novos – São Martinho de Recezinhos- Penafiel – Portugal
Antonia Moreyra              ( 1670)

Manoel Martins Crespo (1690)
Casais Novos – São Martinho de Recezinhos- Penafiel – Portugal
( 1737) Fornelo -São Salvador de Travanca- Amarante – Portugal
Roza Maria da Cunha – (1748 – ?) – casamento em 20/05/1767
Salvador de Travanca  – Amarante- Portugal- Filha de Paulo da Cunha e Maria Teixeira – Carapeços -Travanca – Portugal

Antonio da Cunha Brochado- ( 1770)
São Salvador de Travanca- Amarante- Portugal – Irmão de Thimóteo e Beranardo da Cunha Brochado
Anna Matildes – Casa da Fonte- São Salvador de Travanca- Amarante – Portugal – filha de JozeTeixeira e Ana Luiza (Deveza)

Antonio da Cunha Brochado
( 1809-1867)- São Salvador de Travanca- Amarante – Portugal
Felizberta  Moreira da Silva
( 1819-??) São Salvador de Travanca – Amarante – Portugal- filha de Custodio Joze Moreira da Silva e de Maria da Silva
José da Cunha Brochado ( 1837 – 1874) – Travanca – Amarante- Portugal- falecido em Arifana- Freixo de Cima- casa de número 9- Amarante- Portugal- enterrado na Igreja de São Tiago- Freixo de Cima
Maria Thereza de Jesus trocou o nome no Crisma, conforme costume da época,  para Maria Joaquina-Nasceu em  Arrifana – Freguesia Freixo de Cima – Amarante Portugal .E faleceu 28-09-1835- São Fidelis – RJ 01-11-1919- filha de Manuel de Souza e de Roza Maria
Nos documentos de casamento, nascimento de filhos e óbito do marido consta Maria Joaquina
O passaporte foi emitido com o nome de batismo, a autoridade civil não reconhecia a troca de nomes no Crisma

Antônio da Cunha Brochado – Arifana – Freixo de Cima- Amarante- Portugal – 14-03-1868- Mimoso do Sul -ES- 21-07-1950
Ilídia Teixeira Portugal Brochado- Santa Maria Madalena  24-04-1870 – São Fidelis- RJ 05-07-1927- filha de José Teixeira Cipryano e de Anna Teixeira Portugal, Ilídia era neta materna de de Manoel José Teixeira Portugal, natural de Freixo de Cima Amarante – Portugal  e de Isabel Maria de Jesus- pioneiros fundadores de Santa Maria Madalena, proprietários  da Fazenda Boa Esperança –  Ilídia teve traslado para cemitério de Mimoso do Sul por volta de 1950 ( Ver História de Santa Maria Madalena -de Lécio Augusto Ramos)

José da Cunha Brochado ( 1891 – 1969)-Fazenda Boa Esperança Imbé- Santa Maria Madalena – RJ – Brasil
Maria de Freitas Brochado ( 1900- 1960) – Santa Maria Madalena – Triunfo-RJ- Brasil- filha de Vicente Gomes de Freitas e Delminda Souza Lima

Maria Madalena Brochado Bastos
10 casamento : Leovegildo Pontes
20  casamento : Athur Bastos

Tude da Cunha Brochado 09-09-1896 – 24-06-1961
Julita Alonso Brochado

Virgílio da Cunha Brochado
Brígida Ramos Pinto Brochado

Jesuína Brochado Groppo
José Paulino Groppo

Izabel Brochado Cipriano (faleceu de parto em 1926)
Alício Pereira Cipriano
( casou-se outra vez)

Manoel da Cunha Brochado
Licínia de Freitas Brochado

Antônio da Cunha Brochado Junior
Maria dos Santos Brochado,filha de Daniel Guedes dos Santos e Elvira dos Santos

Laurides Brochado Bastos
Pery Garcia Bastos

Hermes da Cunha Brochado
Rosa dos Santos Brochado, filha de Daniel Guedes dos Santos e Elvira dos Santos

Para ver árvore Genealógica da Família Brochado   clique aqui

——————————————————————————–

Casa da Barroca     O Ramo de Gondar ,  da Cunha Brochado ,  originou-se no século XIX, com o casamento de Joana Rosa da Cunha com José Vicente Brochado, na Freguesia de Gondar – Amarante – Portugal. Descendem do  casal  oito filhos : Maria Margarida da Cunha Brochado ,Augusto Vicente da Cunha Brochado , Alberto Vicente da Cunha Brochado , Arnaldo Augusto da Cunha Brochado , Margarida Laura da Cunha Brochado , Amélia Rosa da Cunha Brochado. Alfredo Vicente da Cunha Brochado e Leonor Augusta da Cunha Brochado.   A Casa da Barroca é uma construção, muito antiga em Gondar, onde secularmente a família Brochado é senhora. Não é propriamente uma fortificação ou  palácio , é melhor dizendo uma construção rural, com sólidas paredes de granito cinza, uma fonte , na parte externa, permitindo o fácil acesso dos vizinhos à agua , inúmeros aposentos e dependências, adega, lagar, depósitos e sobretudo uma lindíssima capela, com réplica do altar- mor  da Igreja de São Gonçalo do Amarante , pia batismal e coro. A Casa da Barroca é proprietária de muitos alqueires de terra onde se cultiva mormente a uva para a elaboração de vinho . Gondar  possui terras muito mais férteis do que as da região do vinho do Porto, permitindo o cultivo de vinhas que produzem o famoso vinho verde, muito mais apreciado pelos amarantinos que o primeiro.    O Ramo da Casa da Fonte de Travanca  talvez se liga com o da Casa da Barroca  de Gondar através de Henrique Martins Brochado  e Joana Brochado Cerqueira, esta filha de Simão Brochardo por volta de 1650.

Skip to toolbar